Download – O Ensino Moderno da Arquitectura: a formação do arquitecto nas escolas de belas-artes em Portugal (1931-1969) – Gratis em formato EPUB, MOBI, PDF e Kindle

O Ensino Moderno da Arquitectura: a formação do arquitecto nas escolas de belas-artes em Portugal (1931-1969)
——

de Gonçalo Canto Moniz

✅ Editor: Afrontamento

—–

😉 Aprecie este livro em seu ebook no formato que você gosta 

Baixe o livro

Download - O Ensino Moderno da Arquitectura: a formação do arquitecto nas escolas de belas-artes em Portugal (1931-1969) - Gratis

Descrição:

Neste momento, as escolas têm sofrido profundas alterações, não só por causa do debate cultural sobre a Arquitetura moderna, mas também devido à instabilidade política imposta pelo Estado para o Novo. Na verdade, durante esses 40 anos, a educação de um arquiteto começa com o caractere de arte, com a reforma do sistema de educação, em 1931, após o pedido de um tecnicista, com a reforma de 1957, e, finalmente, a afirmação de um personagem para a experiência de ensino na década de 1970. Neste sentido, a reforma do ensino profissional e o regulamento da reunião, entre outras coisas, o programa ideológico do regime, e o desejo de transformar o ensino e a aprendizagem de métodos e práticas de estudantes de arquitetura e arquitetos apreendiam na literatura e nas convenções internacionais. Este processo de transformação é a base da integração da Arquitetura e da universidade como uma ferramenta essencial para a reflexão sobre a educação do arquiteto hoje.

Gênero: Arquitectura
Autor: Gonçalo Canto Moniz
Editor: Afrontamento
Coleção: —–
Número de Páginas: —–
Idioma: Português
Ano: —–
Formato: ePub, MOBI, Pdf e Kindle
ISBN: 9789723617672

Baixar O Ensino Moderno da Arquitectura: a formação do arquitecto nas escolas de belas-artes em Portugal (1931-1969) de Gonçalo Canto Moniz Gratis

✅  formato: ePub, MOBI, Pdf e Kindle

Download links:

Baixe o livro

Nós amamos os autores, nós apoiá-los, comprando suas obras para que eles possam se dedicar à sua arte.
Neste site cultivamos a escrita e a imaginação.
3.8